ESCOLHA O ESTADO

Þ  Busque o CAMPING ou CIDADE de destino   ¿

 

 

 

        ESCOLHA A SUA SEÇÃO       

 

catuípe - rs

  

A Cidade

Pontos Turísticos

Mapas

Site Prefeitura

  

CAMPINGS

  

c. águas claras

camp. sta. tereza

  

CARAVANISMO

  

POSTOS DE APOIO

  

HOSPEDAGEM

  

Hotéis e Pousadas

  

OUTRAS ATRAÇÕES

  

Site Externo 1

  

PREVISÃO do TEMPO

  

  

OUTRA CIDADES (Rs)

 


GUIA MaCamp

  

Como Usar o Guia

Legendas

Compromisso

Outras Localidades

Navegue pelas diversas cidades brasileiras a partir do campo acima.

 


 

 
 

 

APOIO:

  

 

  

 

catuípe - rs

Dados:

 

Fundação: 1961

Habitantes: 9.499

Altitude: 315m

CEP: 98770-000

DDD:  

  

Foto: Prefeitura

Catuípe é um município do estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Pertence à Mesorregião Noroeste Rio-Grandense e à Microrregião Santo Ângelo.

 

HISTÓRICO

Localizado no Alto Uruguai surgiu mais um Município, tendo como Padroeiro Santo Antônio. O nome anterior era Rio Branco, tendo sido mudado para Catuípe que é um arroio afluente do rio Ijuí, significando rio bonito. O início do povoamento da sede deu-se em 1915. Pelo Decreto n. 7199 de 31 de março de 1938, foi elevado à categoria de vila. De acordo com a Lei n. 4156 de 16 de outubro de 1961,desmembrou-se de Santo Angelo e Ijuí. Quatro anos depois, perdeu parte de sua área para a formação do Município de Chiapeta.  

 

  

 

  

LOCALIZAÇÃO

ACESSOS E DISTÂNCIAS RODOVIÁRIAS

 

Porto Alegre

419  km

O acesso se dá pelas rodovias:

RS-218   RS-342

Acesse também nosso Guia de Estradas

 

  

UTILIDADE PÚBLICA

informações úteis para você

 

Prefeitura Endereço: RUA OSÓRIO RIBEIRO NARDES, 152 CEP: 98770-000 Telefone: 55-3336-1301 Fax: 55-3336-0014 Home Page da Prefeitura: http://www.catuipe.famurs.com.br/ E-Mail da Prefeitura: catuipe@catuipe.rs.gov.br Outros telefones úteis em Catuípe: CRPO/F.NOROESTE - Pelotão Endereço: Rua Cel. Biccaco, 656 Telefone: (55) 3336-1324 CEP: 98770-000

Polícia Militar: 55 3336 1324 Polícia Civil: 55 3336 1285 Hotel Ipiranga: 55 613 2185

 

 

  

  

  

  

  

O CONHEÇA A NOVA VERSÃO DO MaCamp

  

Entre

 

    

  

RECEBA NOTÍCIAS DO CAMPISMO:

 

  

  

  

  

M.HOME TURISCAR A VENDA!!!
  

 

MODELO RARO!
  

Saiba mais...

  

NOVO FÓRUM

DO CAMPISMO. CONHEÇA...

  

FOMENTE O CAMPISMO

AJUDE O MACAMP NESTE PROJETO...

Saiba mais...

 

  


 

 

 

  

2000 - 2014 MaCamp.   Todos os direitos reservados.
Comentários e Sugestões - Publicidade - Inclua seu camping no guia

  


O MACAMP É UM SITE FEITO POR PAIXÃO AO CAMPISMO. UM PROJETO QUE NÃO VISA LUCROS, RESTRINGINDO SEUS PEQUENOS PROVENTOS À MANUTENÇÃO DO MESMO NA INTERNET. QUALQUER DESACORDO COM ALGUM MATERIAL, FOTO OU DIREITO, ENTRE EM CONTATO VIA FORMULÁRIO, ONDE TOMAREMOS AS PROVIDÊNCIAS DE RETIRADA OU RATIFICAÇÃO.

 

 

      REFERÊNCIAS:

O índio da tribo tupi-guarani (depois tapes e Caingangues), foi o prrimeiro personagem da história deste município, localizado no Alto Uruguai surgiu mais um município. Deduz-se que por esse motivo, foi dfado o nome de origem indígena ao município, que significa "águas claras e boas, lugar bom para morar".

Outra fonte diz que, é um arroio afluente do rio Ijuí, significando "rio bonito". Catuípe, em tupi-guarani, significa lugar de água boa (Catu = bom; I = água, rio; Pe= locativo ou lugar de) Na verdade os índios missioneiros denominavam esta região de Catupe, lugar bom para viver ou morar.

Posteriormente, não se sabe exatamente quando, foi acrescido o "i", provavelmente pelo fato de existirem dois pequenos rios, fontes com águas límpidas, boas e saudáveis. O negro serviu por longo tempo, nos primórdios dos anos de trabalho escravo, no século XIX.

A história deste município está também ligada ao tropeirismo, foi com eles que o lugar tornou-se conhecido, vinham de Sorocaba, Itapetinga (São Paulo) e outros lugares do país. Ao longo dos anos esse percurso foi de muitas estórias e histórias, onde com o passar do tempo nasceram povoados, cidades e se entrelaçaram as famílias de um lugar para o outro.

Com a chegada do trem ao Rincão da Natureza inicia-se um novo marco histórico, a colonização. os colonos tiveram que abrir, primeiramente, picadas e clareiras na mata para fazer suas moradas e lavouras. Até 1960 o trem foi o maior meio de transporte de Catuípe. O início do povoamento da sede deu-se em 1915. O novo povoado começou às margens do Riacho Rio Branco, sendo que as terras, anteriormente pertencial aos espanhóis.

Catuípe é um município do estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Pertence à Mesorregião Noroeste Rio-Grandense e à Microrregião Santo Ângelo.

[editar] Toponímia Catuípe é vocábulo indígena que significa "na água boa", "no rio bom". Do tupi catu: bom; y: rio, água; e pe: no.

[editar] História A primeira denominação dada a localidade onde hoje situa-se o Município de Catuípe foi Rincão da Natureza, tendo sido elevada a condição de Distrito de Santo Ângelo no ano de 1893, com a criação do seu Cartório Distrital. Na ocasião, a sede do Distrito situava-se na comunidade de Boa Vista, passando mais tarde à comunidade de Rio Branco.

Em 1915, com a abertura da primeira estrada de ferro e a conseqüente instalação da Estação Ferroviária, deu-se o início do povoamento, em maior intensidade na comunidade de Rio Branco.

Neste mesmo ano, o Distrito de Rincão da Natureza recebeu o nome de Rio Branco, passando, mais tarde, a denominar-se Catuípe, que em linguagem indígena significa "Águas Claras", por possuir inúmeras fontes de água mineral. Daí por diante marcou uma era de progresso e desenvolvimento.

O Distrito de Catuípe emancipou-se política e administrativamente de Santo Ângelo, em 16 de outubro de 1961, através da Lei Estadual Nº 4.156/61.

O município, com uma área de 583,240 km², está situado numa posição bastante favorável, inserida na Região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, na chamada Zona Fisiográfica Colonial das Missões.

A economia do Município está baseada na agropecuária, principal motivador econômico e social, além de diversas atividades industriais e comerciais.

No setor da recreação, lazer e turismo, o Município dispõe de vários clubes sociais, além do Balneário de Águas de Santa Tereza e o Parque Águas Claras, ambos dotados de completa infra-estrutura para camping.

Embora seja uma cidade de pequeno porte, com uma população de 10.198 habitantes, Catuípe destaca-se no contexto regional pela sua produção primária e por possuir uma qualidade de vida exemplar, a começar pela característica da água distribuída e consumida em cada domicílio residencial, oriundas de fontes hidrominerais.

Esta qualidade da água mineral, além da culinária italiana e alemã, da cultura e da alegria do povo, faz o Município de Catuípe tornar-se reconhecido no cenário Riograndense, pelo grande número de visitantes que acolhe anualmente.

A primeira denominação dada a localidade onde hoje situa-se o Município de Catuípe foi Rincão da Natureza, tendo sido elevada a condição de Distrito de Santo Ângelo no ano de 1893, com a criação do seu Cartório Distrital. Na ocasião, a sede do Distrito situava-se na comunidade de Boa Vista, passando mais tarde à comunidade de Rio Branco.

Em 1915, com a abertura da primeira estrada de ferro e a conseqüente instalação da Estação Ferroviária, deu-se o início do povoamento, em maior intensidade na comunidade de Rio Branco.

Neste mesmo ano, o Distrito de Rincão da Natureza recebeu o nome de Rio Branco, passando, mais tarde, a denominar-se Catuípe, que em linguagem indígena significa "Águas Claras", por possuir inúmeras fontes de água mineral. Daí por diante marcou uma era de progresso e desenvolvimento.

O Distrito de Catuípe emancipou-se política e administrativamente de Santo Ângelo, em 16 de outubro de 1961, através da Lei Estadual Nº 4.156/61.

O Município, com uma área de 543 Km², está situado numa posição bastante favorável, inserida na Região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, na chamada Zona Fisiográfica Colonial das Missões.

A economia do Município está baseada na agropecuária, principal motivador econômico e social, além de diversas atividades industriais e comerciais.

No setor da recreação, lazer e turismo, o Município dispõe de vários clubes sociais, além do Balneário de Águas de Santa Tereza e o Parque Águas Claras, ambos dotados de completa infra-estrutura para camping.

Embora seja uma cidade de pequeno porte, com uma população de 10.198 habitantes, Catuípe destaca-se no contexto regional pela sua produção primária e por possuir uma qualidade de vida exemplar, a começar pela característica da água distribuída e consumida em cada domicílio residencial, oriundas de fontes hidrominerais.

Esta qualidade da água mineral, além da culinária italiana e alemã, da cultura e da alegria do povo, faz o Município de Catuípe tornar-se reconhecido no cenário Riograndense, pelo grande número de visitantes que acolhe anualmente. A população do Município de Catuípe, constituída de 10.198 habitantes, desfruta de um componente invejável na questão da qualidade de vida: a água mineral encanada, distribuída em todas as torneiras.

Pelo sistema de distribuição de água potável na cidade, via Corsan, através da captação de poços artesianos, a população recebe em suas residências água mineral classificada como fluoretada e bicarbonatada.

Esta qualidade, tem sido um ingrediente de valor no consumo diário dos catuipanos, que dispensam a tradicional aquisição de água mineral engarrafada.

Catuípe, a muito tempo tem sido reconhecido pelas suas águas. Em décadas passadas, enquadrava-se no rol dos municípios denominados Estâncias Hidrominerais. Anterior a esta época, os primeiros habitantes de nossa região, os tupis-guaranis, atribuíram o nome de Catuípe, que em sua língua, significava "águas claras", motivados pelas ricas águas cristalinas e em abundância, aliado a sua qualidade para o consumo dos indígenas.

Hoje, Catuípe contempla todas as residências e estabelecimentos com o sistema de água mineral encanada, vislumbrando especialmente os visitantes que dela saboreiam e propagam.

A Administração Municipal, dispõem de estudos contendo informações a respeito da água e sua infra-estrutura, para poder tornar conhecido ainda mais a qualidade da água de Catuípe, especialmente com suas fontes localizadas nos Distritos de Santa Tereza e Pontão Santo Antônio, para uma futura exploração comercial, face suas potencialidades.